24 de maio de 2015

PM desarticula quadrilha suspeita de realizar arrastões na Grande Natal

IMG-20150523-WA0008
Policiais do 3° Batalhão de Polícia Militar (3° BPM) receberam no início da tarde desta sexta-feira (22) uma denúncia informando que uma residência na comunidade de Pingo D’agua, em Parnamirim, estaria sendo frequentada por homens em atitude suspeita. Um automóvel, do tipo Agile, de cor verde, com as mesmas características de um veículo utilizado por criminosos, em recentes assaltos na Grande Natal, também teria sido visto naquela mesma residência.
De posse dessas informações, o setor de inteligência da Polícia Militar, fez diligências e conseguiu confirmar o endereço exato da denúncia, passando a monitorar o local no intuito de prender os possíveis assaltantes.
IMG-20150523-WA0004
Já no início da noite, quatro homens chegaram a residência, em motos, e receberam voz de prisão dos policiais que estavam no local. Neste momento, segundo a PM, houve resistência e os suspeitos passaram a atirar contra os agentes de segurança pública que reagiram a injusta agressão.
Nesta ação, três homens foram alvejados. Eles foram socorridos para o hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim, onde receberam atendimento médico. Dois não resistiram aos ferimentos e faleceram na unidade hospitalar e o terceiro passou por uma cirurgia. Um quarto homem foi conduzido à Delegacia de Plantão da zona Sul.


Com eles foram encontradas uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38, com várias munições e uma farda da PM, tomada no assalto na casa de um policial militar nesta semana. Computadores, uma sanfona, TVs LCDs, entre outros objetos roubados, avaliados em cerca de 60 mil reais, também foram encontrados com o grupo.
IMG-20150523-WA0005
Três integrantes do grupo já foram identificados pela Polícia Civil. Entre eles estão, Daniel Rocha dos Santos, de 31 anos, que passou por cirurgia e está custodiado na unidade hospitalar, José Edmilson Moreira da Silva, de 40 anos, que se encontra na Delegacia de Plantão da zona Sul de Natal e Lucas Linhares de Lima, de 20 anos, um dos que faleceram.
O único autuado até o momento é José Edmilson Moreira da Silva. Ele deverá responder por receptação, formação de quadrilha armada e porte ilegal de armas. Já Daniel Rocha dos Santos será ouvido pela Polícia Civil assim que foi liberado do hospital.
BLOG TANGARAENSE
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Portal Coronel Ezequiel

Copyright © Portal Coronel Ezequiel |