28 de junho de 2015

Lyoto Machida é duramente nocauteado por Romero, e amarga má fase no UFC

lioto_ufc
UOL.
Ex-campeão do UFC, Lyoto Machida passa por uma má fase na organização. O brasileiro sofreu sua segunda derrota seguida na madrugada deste domingo (28), desta vez contra o cubano Yoel Romero, por um duro nocaute.
Lyoto sentiu bastante o nocaute. Após os golpes que definiram a derrota, foi atendido ainda no octógono por médicos do UFC, durante vários minutos. Não ficou de pé durante o anúncio da vitória de Romero, como de praxe, e também não concedeu a entrevista após o combate, comum nas lutas principais mesmo para os derrotados.
No primeiro round, Lyoto e Romero se estudaram bastante, e trocaram muitos chutes e alguns socos. O brasileiro foi um pouco mais assertivo, mas Romero também acertou alguns golpes duros. A segunda etapa do combate foi semelhante à primeira: Lyoto e Romero se movimentaram bastante e giraram no octógono, mas continuaram se estudando mais do que trocando golpes.


A vitória de Romero veio no início do terceiro round, quando Romero usou seu wrestling para derrubar Lyoto. O cubano partiu para cima do brasileiro com socos e, rapidamente, a luta foi interrompida pelo árbitro, e a vitória ficou com Romero por nocaute.
Lyoto vinha de uma derrota dura contra Luke Rockhold, após ser dominado e finalizado pelo norte-americano em abril desse ano. No UFC desde 2007, essa é a segunda vez que o brasileiro tem uma sequência de dois tropeços seguidos. A primeira ocorreu quando o veterano perdeu seu cinturão dos meio-pesados para Maurício Shogun, e foi derrotado por pontos por Rampage Jackson, em uma luta questionável.
O revés deste domingo é ainda pior para Lyoto porque deve deixá-lo ainda mais para trás na fila pelo título dos médios. O brasileiro já teve a chance de desafiar o campeão Chris Weidman, em julho de 2014, mas foi derrotado por decisão unânime dos juízes. Desde então, venceu C.B. Dollaway, mas foi derrotado por Rockhold e, agora, por Romero.
Com a derrota deste domingo, Lyoto soma agora 22 vitórias e sete derrotas na carreira. Já Romero fica com dez vitórias e só um revés no cartel.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Portal Coronel Ezequiel

Copyright © Portal Coronel Ezequiel |