30 de junho de 2015

Sertanejos protestam após crítica de Zeca Camargo sobre Cristiano Araújo

Sertanejos protestaram nas redes sociais contra uma análise de Zeca Camargo sobre a morte do cantor Cristiano Araújo, vítima de um acidente de carro na quarta-feira (24), aos 29 anos. Artistas como Israel Novaes, Fernando e Sorocaba, Marcos e Belutti, Munhoz e Mariano, e Henrique e Juliano publicaram imagens em que aparecem tampando os ouvidos após o apresentador afirmar que "de uma hora para outra, fãs e pessoas que não tinham ideia de quem era Cristiano Araújo partiram para o abraço coletivo". 

Na crítica que Zeca fez para o "Jornal das Dez", da Globo News, ele diz que o cantor "talvez tenha morrido cedo demais para provar que poderia ser uma paixão nacional". Ele lista as mortes de Ayrton Senna, Mamonas Assassinas e Lady Di para questionar: "Como, então, fomos capazes de nos seduzir emocionalmente por uma figura relativamente desconhecida? A resposta está nos livros de colorir", ele compara. Segundo Zeca, esse fenômeno editorial destaca "a pobreza da atual alma cultural brasileira". E finaliza: "Temos tudo para adorarmos ídolos de verdade".


Sorocaba, da dupla Fernando e Sorocaba, fez seu protesto nas redes sociais. "Tentando tapar o ouvido para tanta bobagem. É triste ver em rede nacional o jornalista Zeca Camargo subestimando, nas entrelinhas da sua reportagem, a força da nossa musica sertaneja e a força dos nossos ídolos".
A dupla Henrique e Juliano publicou a imagem de um vaso sanitário com o nome do apresentador. "Tive o desprazer de ouvir suas palavras na televisão e é claro que fiquei espantado com o tamanho do teu despreparo e incompetência. O senhor estava sob efeito de alguma droga?", questionou a dupla no Instagram. "Não é porque o senhor acha que 'cultura' está na tua cintura com a sua dança do ventre, que o senhor tem o direito de desrespeitar quem admira e respeita aqueles que trabalham arduamente para ter o trabalho reconhecido usando um 'microfone diferente' dos que o senhor usa para ganhar o seu", diz o texto.

Desde a notícia da morte de Cristiano Araújo, a fama do sertanejo tem sido questionada por quem nunca havia ouvido falar dele. O cantor foi o artista mais ouvido da Rádio UOL em 2014.
"Ídolos de verdade"
Ainda na crítica para a TV, Zeca conclui afirmando que a música pop brasileira "não precisa ser assim". "Nossa história musical, e mesmo o passado recente, prova que temos tudo para adoramos ídolos de verdade, e para chorar de verdade pela presença deles no palco, ou na saudade da perda. Mas olhando em volta, parece que não temos nada", diz o apresentador.

Os internautas se dividiram quanto à análise. Inicialmente, o apresentador foi duramente criticado e xingado nas redes sociais. "A maior besteira é a pessoa dizer que odeia um tipo de música e, por isso, considerar que quem ouve não tem cultura. Zeca Camargo lixo", reclamou uma internauta.
Alguns usuários, porém, o apoiaram . "Amei a opinião do Zeca. Está certíssimo, afinal que era Cristiano Araújo mesmo? Me poupem, se poupem, nos poupem", comentou uma outra pessoa. "O Zeca provando que o povo hoje em dia é tão mimado que não consegue ouvir crítica e aceitar opiniões diferentes", opinou outro.

UOL Entretenimento
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Portal Coronel Ezequiel

Copyright © Portal Coronel Ezequiel |