17 de abril de 2016

Segurança Pública realiza operação especial para manifestações de domingo em Natal

Reunião GGI 2O plano de segurança para as manifestações populares previstas para ocorrer neste domingo (17), nas praças Cívica e de Mirassol, em Natal, foi discutido na tarde desta sexta-feira (15), no Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), no Centro Integrado de Operação de Segurança Pública (Ciosp), em Natal, com a presença de representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal (PRF).
“O GGI-E será ativado durante todo o dia visando facilitar a comunicação entre os órgãos envolvidos na operação e, consequentemente, oferecer uma resposta mais eficiente a possíveis ocorrências. Um grande aparato de segurança, semelhante ao ocorrido nas últimas manifestações, será implantado neste domingo visando garantir à ordem pública e protestos pacíficos”, disse a secretária estadual da Segurança, Kalina Leite.


Um efetivo de cerca de 450 profissionais extras, entre agentes de segurança pública e trânsito, está sendo disponibilizado pelos governos Federal, Estadual e Municipal especialmente para os eventos. A previsão inicial é de que 30 mil pessoas participem das manifestações, apesar do GGI-E está preparado para um público maior.
O movimento que defende a permanência da presidente Dilma Roussef inicia às 8h, na Praça do bairro de Mirassol, e segue até a noite. Já os que defendem impeachment estarão reunidos na Praça Cívica, no Bairro Petrópolis, em Natal, a partir das 14h. Não estão previstos deslocamentos de público na cidade, o que garante mais segurança aos participantes e evita transtornos aos serviços de transporte públicos que circulam nestas áreas.
A Polícia Civil atuará com Delegacias Móveis completas, que funcionarão nas nas proximidades do Colégio Atheneu, em Petrópolis, na zona Leste de Natal, e na Praça do Bairro de Mirassol, na zona Sul. Cada delegacia atuará com delegados, agentes e escrivães, para registro de ocorrências. Além disso, equipes extras da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) e profissionais velados do serviço de inteligência estarão circulando nos eventos. O funcionamento das delegacias de plantão Zona Norte e Sul ocorrerá normalmente. Ao todo, a Polícia Civil contará com cerca de 20 policiais envolvidos na operação.
A Polícia Militar contará com diversas unidades operacionais distribuídas em pontos estratégicos do percurso. Somente a PM estará com um efetivo extra de 450 policiais. Barreiras serão montadas nos perímetros das Praças, onde ocorrerão abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita. O Corpo de Bombeiros Militar atuará com cerca de 30 militares especializados no atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio. Além disso, toda a tropa se manterá de sobreaviso para qualquer necessidade de acionamento imediato.
O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) irá disponibilizar uma Plataforma de Observação Elevada (POE) que estará transmitindo imagens em tempo real para o Centro de Comando e Controle Móvel onde estarão os comandantes das unidades operacionais.
A PRF manterá, por cautela, três equipes de prontidão na BR 101 e reforçará as barreiras de São José de Mipibú, Macaíba e São Gonçalo. A STTU ficará responsável pelo desvio dos fluxos de trânsito, principalmente relacionados ao itinerário dos ônibus que trafegam naquela área.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Portal Coronel Ezequiel

Copyright © Portal Coronel Ezequiel |