21 de janeiro de 2018

Prefeito Boba é absorvido em mais um processo movido pelo ex gestor da cidade





   O ex prefeito Adailton Tavares juntamente com sua assessoria de advogados moveu no ano de 2014 um processo contra o atual prefeito Boba alegando Improbidade Administrativa na parte administração de gestão 2009/2012, todo processo foi trabalhado em cima de um relatório da CGU, também da construção de uma caixa d'agua no conjunto José Mauricio de Andrade mas conhecido por Morro dos Macacos, como também em relação a uma passagem molhada na qual da acesso ao cemitério publico da cidade.

       Na parte dos autores foram alegados superfaturamentos das obras citadas acima, e na contratação da demandada BONACCI ENGENHARIA E COMÉRCIO LTDA para construção das obras onde é citado que o CGU detectou superfaturamento no montante de R$ 49.336,57. O processo foi movido antes mesmo que o DNOCS tivesse avaliado e analisado alguma resposta.

     No andamento do processo foram realizadas pericias na aferição do orçamento nas realizações das obras requerido pelo MPF, e audiências para que fossem ouvidos os responsáveis pela analise  das contas do convenio objeto dessa ação.

       O processo foi julgado improcedente com o pedido formulado na petição inicial. Sem condenação em custas e honorários advocatícios citado na lei (Lei n.º 7.347/85, art.18). Sendo assim tornando o réu Claudio Marques de Macedo absorvido 100% de mais um processo.

         Entramos em contato com o prefeito Boba, o mesmo deixou sua palavra " Foram feitas alegações leviana, mau feitas, com a intenção de denegrir e prejudicar minha pessoa. Mas uma vez a justiça foi feita, mostrando a transparência e a correta aplicação dos recursos públicos. Quando a pessoa trabalha correto a justiça termina dando a prova com a absorção.
Postagem mais antiga Página inicial

Portal Coronel Ezequiel

Copyright © Portal Coronel Ezequiel |